20 fevereiro 2017           CategoryDestaques, Notícias, Pastorinhos de Fátima

Festa dos Beatos Francisco e Jacinta na Capela das Aparições do Rio

Estamos no Ano do Centenário. E a Capela das Aparições do Rio de Janeiro, em comunhão com a Diocese de Leiria-Fátima, em Portugal, celebrará, no dia 20 de fevereiro, a Festa em honra dos Beatos Francisco e Jacinta, pastorinhos das aparições de Nossa Senhora, em Fátima. A segunda-feira será especial, repleta de celebrações ao longo do dia, a fim de preparar todos para o grande dia em que celebraremos o Centésimo Aniversário das Aparições da Virgem Maria.

Os horários das Missas serão 10h, 15h e 18h.

Todas as Missas celebrará a Liturgia dedicada aos pastorinhos, assim como em Portugal.

Na celebração das 18h, haverá o Terço de Velas, juntamente com a catequese sobre a vida dos pastorinhos e, em seguida, Santa Missa.

A Capela das Aparições do Rio de Janeiro é a única que tem a autorização oficial para celebrar a Memória dos Beatos Francisco e Jacinta  Marto fora de Portugal. Pois, a Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos enviou, por meio de um Decreto (veja aqui) expedido pela Santa Sé, esta tão honrosa permissão.

Este é o terceiro ano que a Capela das Aparições tem a alegria de celebrar a Festa dos Beatos pastorinhos de Fátima no Rio de Janeiro. O fundador-presidente da Associação Arquidiocesana Tarde com Maria, Berthaldo Soares, partilha a alegria de celebrar a Memória dos pastorinhos de Fátima, protagonistas tão importantes na história da Mensagem de Nossa Senhora:

“Nós podemos, por meio desse Decreto (veja aqui), vindo de Roma, celebrar a memória de Francisco e Jacinta. Em Portugal, na Diocese de Leiria-Fátima essa Memória é obrigatória, e no restante do país é facultativa. Em nenhum outro local do mundo existe essa Festa, a não ser nesta Igreja. Não é nem para toda a Arquidiocese do Rio. Roma concedeu celebrarmos a Festa de Francisco e Jacinta aqui na única réplica, em todo o mundo, da Capela das Aparições. Para nós é um grande presente do Céu e que precisa ser correspondido por todos”, regozijou-se o fundador no dia em que recebeu o decreto da Santa Sé (15/fevereiro/2015).

A Festa dos Beatos Francisco e Jacinta Marto é celebrada em ocasião da morte da Jacinta, a última dos dois irmãos a falecer. Para toda a Igreja, o objetivo dessa Memória é evidenciar a vocação à santidade dessas duas crianças.

Jacinta Marto nasceu em Aljustrel, no dia 11 de Março de 1910 e morreu em 20 de Fevereiro de 1920, no Hospital de D. Estefânia, em Lisboa, depois de uma longa e dolorosa doença, oferecendo todos os seus sofrimentos pela conversão dos pecadores, pela paz no mundo e pelo Santo Padre.

Já seu irmão Francisco Marto nasceu em 11 de Junho de 1908, também em Aljustrel e faleceu no dia 4 de Abril de 1919, na casa de seus pais. Muito sensível e contemplativo, orientou toda a sua oração e penitência para “consolar a Nosso Senhor”.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someone

Deixe seu comentário:

*

Seu email não será publicado.

© 2014 Tarde com Maria